Pesquisar este blog

O que é uma Reuniao da Assembleia - H. L. Rossier

Antes de responder à questão "O que é uma reunião da assembleia", cumpre recordar brevemente o que é a assembleia de acordo com a Palavra. A assembleia, ou Igreja, é composta por todos os remidos da dispensação presente – desde Pentecostes até o retorno do Senhor. Neste sentido, todos os santos desta dispensação - quer estejam ainda aqui quando o Senhor retornar, ou já tenham sido reunidos para Ele antes de Seu retorno - fazem parte dela.

A Assembleia é a Noiva de Cristo, a quem Ele amou, e por quem Ele se entregou, “para apresentar a si mesmo igreja gloriosa”. Mas a Assembleia é também apresentada sob dois aspectos, especialmente no que se refere ao assunto diante de nós.

A educacao de Moises - D. C. Buchanan

Moisés teve uma ótima educação, e é admirável a maneira como ele usou-a para libertar o povo de Deus da escravidão no Egito, permitindo que eles pudessem servir a Deus em liberdade. No mundo de hoje é dada muita importância na educação para que o mundo se torne um lugar melhor para se viver, e o exemplo de Moisés é, para nós, muito educativo. Muitos de nós somos desafiados a saber até onde devemos ir em nossa formação educacional. Somos até, em alguns países, obrigados pela lei estudar até certo nível, mas após isso a questão continua — até onde devemos ir? Deveria um cristão, que tem uma esperança celestial, não ter uma formação maior? É muito importante atentarmos que nossa esperança ou objetivos devam ser diferentes daqueles que vivem apenas para esse mundo. Por outro lado, muitos acham também necessário ter uma boa formação para poder prover para uma família e também para poder servir ao Senhor.

Criancas convertidas e a mesa do Senhor - J. N. Darby

No que diz respeito às crianças convertidas, concordo convictamente com alguns irmãos nos quais eu confio e com os quais busquei conselho. Primeiramente, deve-se estar convicto quanto à conversão de uma criança, porque as crianças não têm hipocrisia; elas são bastante sensíveis e sujeitas às influências geradas pelas impressões ao redor delas, que, de forma sincera, acreditam ter. Mas, no caso de ser evidente a conversão delas, nós não deveríamos, de forma alguma, persuadi-las a partir o pão. Deixe que isso cresça naturalmente em seus corações, e se elas tiverem mesmo esse desejo, verifiquem se  são capazes, como crianças, de discernir o corpo do Senhor. Não as afastem, mas certifique-se de que elas estejam fazendo isso com discernimento espiritual, fé verdadeira e entendimento. Não espere que elas expliquem tudo como teólogos, mas sim que  compreendam que se trata de uma questão de fé e de coração, e que entendam a condição de ruína do testemunho do corpo de Cristo.

O que devo fazer com a minha vida? - A. J. Pollock

É uma experiência emocionante estar na margem do oceano da vida, e olhar para fora em suas águas inexploradas, e perguntar em que direção a barca de nosso destino irá viajar, e qual será o porto em que eventualmente chegará. Tal é a experiência presente de muitos jovens cristãos. A pergunta que serve como título a este artigo, pode muito bem ser feita repetidas vezes por esses jovens.

O livro do Profeta Ageu - F. B. Hole

Ao considerar os capítulos 4 e 5 do livro de Esdras, vemos como os adversários de Deus, e o remanescente que voltou de Jerusalém sob a direção de Zorobabel e de Jesua, remanescente o qual havia começado a reconstruir o templo, conseguiram interromper a obra. Também vemos como Deus levantou os profetas, Ageu e Zacarias, e graças ao ministério deles a obra foi reiniciada.

Um bolo pequeno

“E Elias lhe disse: não temas; vai, faze conforme à tua palavra; porém faze dele primeiro para mim um bolo pequeno, e traze-mo aqui,...” (1 Reis.17:13).

A época era sombria, por causa dos pecados de Acabe, Rei de Israel, e a fome assolava o país. O profeta de Jeová permanecia escondido como os outros cem e também como os sete mil, conhecidos somente por Deus, e que não haviam dobrado os joelhos diante de Baal, um falso Deus.

Palavras doces como o mel

Há quatro palavras, especialmente em 1 Tessalonicenses 4:16-18, que deviam ser-nos doces como o mel. "Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.".

Postagens populares